Home Attività Attività Universitaria Congresso Abrapcorp in Brasile 20-22 maggio 2010. Quadro di sintesi
Congresso Abrapcorp in Brasile 20-22 maggio 2010. Quadro di sintesi
Dal 20 al 22 maggio IV congresso nazionale Abrapcorp in Brasile
Tema Comunicazione pubblica tra interessi pubblici e privati
Conferenza inaugurale : prof. Stefano Rolando (Università IULM Milano)




Nota per la stampa in portoghese
Porto Alegre – 20 a 22 de maio de 2010
Comunicação pública entre interesses públicos e privados
A comunicação pública no centro do IV Congresso Brasileiro de Comunicação Organizacional e Relações Públicas – Abrapcorp. Conferência inaugural realizada por Stefano Rolando (Universidade IULM, Milão)
De 20 a 22 de maio, ocorre na Faculdade de Comunicação Social da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), em Porto Alegre, Brasil, o IV Congresso Brasileiro de Comunicação Organizacional e Relações Públicas (Abrapcorp 2010). O evento é promovido pela Associação Brasileira dos pesquisadores de comunicação organizacional e relações públicas (Abrapcorp), pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UGRGS) e pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS).A presidente da associação e também do comitê organizador é a professora doutora Margarida M. Krohling Kunsch (diretora do departamento de Relações Públicas, Publicidade e Turismo da Universidade de São Paulo, Brasil). O tema escolhido para o quarto congresso é “Comunicação pública entre interesses públicos e privados”. A conferência de inauguração do evento será feita pelo professor Stefano Rolando, da Universidade IULM de Milão. Diversas seções do congresso discutem a pesquisa, as estratégias, a didática, as tendências criativas, o desenvolvimento de mercado e as condições profissionais da comunicação pública. Simultaneamente ao congresso serão realizados alguns seminários por professores e estudantes de pós-graduação, entre os quais um que será ministrado pelo próprio professor Stefano Rolando para a Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, sobre o tema “O conceito de utilidade pública na evolução da comunicação pública”, e, outro e pela professora Nicole d’Almedia (Universidade CELSA-Sorbonne, Paris) sobre o tema “Opinião pública, sociedade e comunicação organizacional”. Também será ministrado pelo professor Rolando um seminário sucessivo sobre o confronto da evolução da comunicação pública na Itália e na Europa, no dia 27 de maio, na Escola de Comunicações e Artes, da Universidade de São Paulo (ECA-USP).
Maiores informações sobre o evento no sitehttp://www.abrapcorp.org.br
Stefano Rolando, professor da Universidade IULM de Milão, departamento de Economia e Gestão de Empresas, leciona as disciplinas: Teoria e Técnicas da Comunicação Pública e Políticas Públicas para a Comunicação. Há alguns anos dirige na IULM o mestrado Management de Comunicação Social, Política e Institucional. Desde 2004 é secretário-geral da Fundação Universitária IULM (pesquisa aplicada e escola de comunicação). É diretor da Revista italiana de Comunicação Pública (Franco Angeli editor). É presidente honorário do Club of Venice (coordenamento dos responsáveis de comunicação institucional da União Européia). É também diretor científico da Civicom-Rete para a comunicação de utilidade pública e presidente do grupo científico ForumPA. Foi durante muitos anos diretor-geral em instituições e empresas e é considerado um dos fundadores da moderna evolução da comunicação pública na Itália e na Europa. Acaba de publicar seu último texto: Economia e gestione della comunicazione delle organizzazioni complesse – Gli ambiti di convergenza tra comunicazione di impresa e comunicazione pubblica (CEDAM, 2010).
 
Nota per la stampa in italiano
Porto Alegre dal 20 al 22 maggio
Comunicazione pubblica tra interessi pubblici e privati
La comunicazione pubblica al centro del congresso nazionale brasiliano di ricercatori e studiosi di comunicazione. La conferenza inaugurale affidata a Stefano Rolando (Università IULM, Milano)
Dal 20 al 22 maggio si svolge presso la Facoltà di Comunicazione Sociale della Pontificia Università di Rio Grande do Sul a Porto Alegre in Brasile il IV congresso scientifico nazionale brasiliano della Comunicazione organizzativa e delle Relazioni Pubbliche (Abrapcorp 2010).L’evento è promosso dalla Associazione brasiliana dei ricercatori di comunicazione organizzativa e relazioni pubbliche (Abrapcorp), dalla Università federale di Rio Grande do Sul (UFRGS) e dalla Pontificia Università Cattolica di Rio Grande do Sul (PUCRS).
Presidente del comitato organizzatore è la professoressa Margarida M.Krohling Kunsh (direttore del Dipartimento di Relazioni Pubbliche, Pubblicità e Turismo dell’Università di San Paolo del Brasile). Il tema scelto per il quarto congresso è “Comunicazione pubblica tra interessi pubblici e privati”. La conferenza di inaugurazione dell’evento è stata affidata, sul tema generale, al prof. Stefano Rolando, dell’Università IULM di Milano (l’intervento sarà post-posto al 21 maggio). Sezioni diverse del congresso discutono poi della ricerca, delle strategie, dell’andamento della didattica, delle tendenze creative, dello sviluppo del mercato e della condizione professionale. Collateralmente al congresso si svolgono alcuni speciali seminari per docenti e partecipanti si corsi post-universitari tra cui quello tenuto nei giorni seguenti ad Abrapcorp dallo stesso prof. Stefano Rolando alla Facoltà di Biblioteconomia e Comunicazione dell’Università federale di Rio Grande do Sul sul tema “Il concetto della pubblica utilità nell’evoluzione della comunicazione pubblica” e dalla prof.ssa Nicole d’Almedia (Università CELSA-Sorbonne, Parigi) sul tema “Opinione pubblica, società e comunicazione organizzativa”. Un successivo seminario di confronto con l’evoluzione della comunicazione pubblica in Italia e in Europa è previsto, con il prof. Rolando, il 27 maggio all’ Università di San Paolo presso il Dipartimento di Relazioni pubbliche, pubblicità e Turismo. Più ampie informazioni sull’evento al sitohttp://www.abrapcorp.org.br
Stefano Rolando, professore di ruolo all’Università IULM di Milano, nel raggruppamento di Economia e gestione delle imprese, è docente di Teoria e tecniche della comunicazione pubblica e di Politiche pubbliche per la comunicazioni. Dirige da anni in IULM il Master universitario di Management della comunicazione sociale, politica e istituzionale. Dal 2004 è segretario generale di Fondazione Università IULM (ricerca applicata e scuola di comunicazione). E’ direttore di Rivista italiana di comunicazione pubblica (Franco Angeli editore). E’ presidente onorario del Club of Venice (coordinamento dei responsabili della comunicazione istituzionale nell’Unione Europea). E’ anche direttore scientifico di Civicom-Rete per la comunicazione di pubblica utilità e presidente del comitato scientifico di ForumPA. E’ stato a lungo direttore generale in istituzioni e in imprese ed è considerato tra i fondatori della moderna evoluzione della comunicazione pubblica in Italia e in Europa. Appena uscito l’ultimo suo testo: Economia e gestione della comunicazione delle organizzazioni complesse – Gli ambiti di convergenza tra comunicazione di impresa e comunicazione pubblica (CEDAM, 2010).
 
 
IV Congresso Abrapcorp 2010 - Comunicação Pública: interesses públicos e privados
 
Informazioni su prof. Stefano Rolando
O professor e pesquisador italiano Stefano Rolando, da Universitá IULM, um dos maiores estudiosos e especialistas em comunicação pública, participou, na manhã do dia 21 de maio de 2010, do IV Congresso Brasileiro Científico de Comunicação Organizacional e Relações Públicas com a Conferência “Comunicação Pública: Interesses Públicos e Privados”.
Graduado em Ciências Políticas na Universidade de Milão e especializado em planejamento estratégico e análise na Scuola di Direzione Aziendale della Bocconi (Bocconi School of Management), Stefano tem ainda especialização em economia e política internacional. Professor universitário na área de Economia e Gestão da empresas desde 2001 na IULM Universidade de Milão, também atua como Pró-reitor para as relações institucionais. Jornalista, escritor e ensaísta, trata de temas como economia, comunicação, mídia, branding e identidade e memória. Está entre os especialistas mais reconhecidos em serviços públicos de comunicação da Europa.
Veja três de seus livros - ao clicar no título é possível ver resumos das obras (em italiano):
Teoria e tecniche della comunicazione pubblica
La comunicazione di pubblica utilità 1
La comunicazione di pubblica utilità 2
 
Informazioni su ABRAPCORP
A Abrapcorp, Associação Brasileira de Pesquisadores de Comunicação Organizacional e Relações Públicas
foi fundada em 13 de maio de 2006, com o objetivo geral de estimular o fomento, a realização e a divulgação de estudos avançados dessas áreas no campo das Ciências da Comunicação.Uma iniciativa pioneira na área, em pouco mais de um ano já conta com um número expressivo de associados de todas as regiões do país. Sua diretoria é composta de alguns dos mais respeitados nomes nas áreas de pesquisa em Comunicação do país e a realização de seu I Congresso em maio de 2007 consolida a Associação como ponto de referência para os interessados em Comunicação Organizacional e Relações Públicas.
 
Os Grupos de Trabalhos temáticos
GTs Abrapcorp constituem uma das suas principais frentes de atuação. A entidade oferece, também cursos e apóia eventos ténicos e científicos de Comunicação.
Anualmente, a Associação organiza um Congresso em nível nacional, para debater as principais tendências e temas contemporâneos de Comunicação Organizacional e Relações Públicas. A Revista Organicom, nível Qualis-B pela CAPES, também é uma produção ligada à Associação, que expressa o avanço dos estudos dessas áreas no Brasil.
Primeiras iniciativas - I Fórum de Pesquisadores de Relações Públicas e Comunicação Organizacional.
As primeiras discussões acerca da criação de uma Associação para representar o grupo nascente de pesquisadores de Comunicação Organizacional e Relações Públicas no Brasil surgiu durante a realização do I Fórum de Pesquisadores em Comunicação Organizacional e Relações Públicas.
Evento promovido e realizado pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, Gestcorp, PPGCom-ECA-USP e pelo Núcleo de Pesquisa de Relações Públicas e Comunicação Organizacional da Intercom, visou promover a discussão de algumas questões fundamentais na área, no contexto da discussão nacional sobre a proposta de reclassificação das subáreas da Comunicação Social.
Realizado em 15 de outubro de 2005, sob a coordenação da Prof. Dra. Margarida M. Krohling Kunsch , atual presidente da Abrapcorp, o I Fórum se desenvolveu da seguinte maneira:
1.Discussão da configuração das tabelas das Áreas de Conhecimento (TACs) no CNPq e as Novas Proposições da árvore das Ciências da Comunicação, que teve como expositora Maria Immacolata Vassalo de Lopes , representante da Área de Comunicação do CNPq e presidente da Comissão de Pós-Graduação da ECA-USP.
2.Painel de discussão: a situação da área de Relações Públicas como subárea da Comunicação no CNPq e os projetos de pesquisas, coordenado por Maria do Carmo Reis da UFMG;
3.Painel: o Campo científico de Relações Públicas e da Comunicação Organizacional no Brasil a construção de um campus teórico no Brasil, que contou com os expositores Fábio França UMESP Ivone de Lourdes Oliveira PUC-MG, Maria Aparecida Ferrari ECA-USP e UMESP e Margarida Maria Krohling Kunsch - ECA-USP;
4.Fórum de Discussão: como construir uma Associação Brasileira de Pesquisadores de Comunicação Organizacional e de Relações Públicas. Propostas, Objetivos e formação de comitê para elaboração do estatuto.
Durante as discussões, chegou-se à conclusão que havia a necessidade da comunidade dos pesquisadores de Relações Públicas e Comunicação Organizacional do Brasil se organizarem na forma de uma associação, a fim de que essas áreas tivessem maior representatividade para junto as Ministério de Ciência e Tecnologia, ao CNPq e aos demais órgãos de fomento a pesquisa científica, bem como na própria comunidade da área de comunicação do País.
Após muito debate e ponderações dos participantes, houve um consenso da importância da criação da referida entidade. Finalmente, e por unanimidade, foi então aprovado um comitê para elaboração do estatuto da futura associação.
 
Fundação da Abrapcorp em 2006
A Abrapcorp- Associação Brasileira de Pesquisadores em Comunicação Organizacional e Relações Públicas foi fundada oficialmente no dia 13 de maio de 2006, em sessão especial do Endecom 2006 - Fórum Nacional em Defesa da Qualidade do Ensino de Comunicação, realizado pela Intercom e pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo.
O estatuto, elaborado pelo comitê formado durante o I Fórum de Pesquisadores de Comunicação Organizacional e Relações Públicas foi aprovado na Assembléia Geral de Fundação de 13 de maio de 2006.
A nova associação congrega acadêmicos e outros profissionais que, tendo por objeto de estudo a comunicação sob todas as perspectivas e aplicações, se dedicam de modo especial às pesquisas nos campos da Comunicação Organizacional e das Relações Públicas.
A Abrapcorp é um importante passo da comunidade das Ciências da Comunicação, para viabilizar uma interlocução mais representativa junto ao Ministério de Ciência e Tecnologia e aos demais órgãos de fomento à pesquisa.
Com a existência da Abrapcorp, acrescenta-se um novo capítulo na história das Relações Públicas e da Comunicação Organizacional no Brasil.
A cada dia, essas áreas de conhecimento florescem mais no conjunto das Ciências da Comunicação e a existência de uma entidade científica neste contexto exerce um papel fundamental para estimular o fomento, a realização e a divulgação de estudos avançados, resultantes de pesquisa e que possam contribuir para as transformações sociais e das instituições e organizações.
 
Revista Brasileira de Comunicação Organizacional e Relações Públicas
A Organicom - Revista Brasileira de Comunicação Organizacional e Relações Públicas, foi lançada no segundo semestre de 2004 e figura na lista dos periódicos científicos da CAPES-Qualis Nacional B.
Atualmente em sua 8º edição, a Organicom passa a ser a primeira participação da Abrapcorp em uma publicação científica, reiterando a seriedade da Associação em relação ao aprofundamento das discussões entre mercado e academia nas áreas em questão.
A revista também está vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Ciências da comunicação da ECA-USP e ao curso de Especialização (lato sensu) de Gestão Estratégica em Comunicação Organizacional e Relações Públicas – GESTCORP, do Departamento de Relações Públicas, Propaganda e Turismo da ECA-USP.
O nome
A palavra grega “organicom” tem a conotação de “melodioso, harmonioso”, expressando a função primeira da publicação: de funcionar como um canal de integração entre a academia e o mercado, colaborando para eliminar desencontros tanto de linguagem quanto de conceitos.
O termo também pode ser associado ao adjetivo português “orgânico”, que remete ao mesmo sentimento, o de algo que trabalha com complexidade orgânica, assimilando informações de diversas partes de um conjunto para a consecução de um objetivo único, como um organismo vivo.
Além disso, “organicom” remete, foneticamente, ao conceito de Comunicação Organizacional, campo que representa o foco da publicação.
 
Objetivos
Ser um instrumento efetivo de colaboração, debate e integração entre o campo acadêmico e o mercado profissional de Comunicação Social, promovendo a compreensão - por parte dos profissionais das áreas de RP e CO - de que a produção científica do conhecimento surge da observação e de que, como toda forma de conhecimento, pretende compreender a realidade.
Dotar os profissionais dos instrumentos necessários para a crescente eficiência da comunicação nas organizações.
Promover a interação de pesquisadores e cientistas com as principais questões de aplicação prática e as reais dificuldades enfrentadas no cotidiano organizacional.
Difundir a real importância dos estudos e de sua aplicação para que as atividades de comunicação sejam reconhecidas como áreas estratégicas que colaboram para a consecução dos objetivos institucionais das organizações.
Colaborar para o avanço científico e técnico dos estudos de Comunicação, trazendo novos pensamentos e contribuições acadêmicas e aplicadas para as áreas de RP e CO.
Promover apoio institucional para investimentos em pesquisa e capacitação, visando uma melhor formação humana.
Para detalhes sobre a revista e edições, visite o site oficial da Organicom.
 
Diretoria Executiva
Margarida Maria Krohling Kunsch (ECA-USP)
Presidente
Ivone de Lourdes Oliveira (PUC-Minas) 
Vice-Presidente
Claudia Moura (PUC-RS)
Diretora Científica
Else Lemos Inácio Pereira (Cásper Líbero) 
Diretora Administrativa
Carolina Terra (Unisa e FECAP) 
Diretora Editorial
Rudimar Baldissera (UFRS) 
 
Localizada em uma das mais destacadas escolas de Comunicação do Brasil, a ECA-USP,
a Abrapcorp responde a uma necessidade da área das Ciências de Comunicação e cumpre seu papel de congregar pesquisadores, profissionais e estudantes para a discussão de questões essenciais para o desenvolvimento e consolidação dos campos de Comunicação Organizacional e Relações Públicas.
v. Prof Lucio Martins Rodrigues 443 - bloco 22 sala 30
Cidade Universitária - São Paulo - SP - Brasil
CEP 05508-900 | Tel. +55 11 3091.2949
Copyright 2009 Abrapcorp - Todos os direitos reservados
                                                                                 
 

 
Logo Università IULM 
  Logo Fondazione Università IULM   
Logo Scuola di Comunicazione IULM